Skip to Content

O que é minhasqlpump?

O que é minhasqlpump?

O utilitário mysqlpump foi introduzido com o MySQL 5.7 e é uma alternativa mais rápida ao utilitário mysqlpump mais antigo disponível em versões anteriores. Embora tenha funcionalidade semelhante à do mysqldump, o utilitário mysqlpump é usado para fazer backup de grandes bancos de dados usando paralelismo, que não está disponível no utilitário mysqldump mais antigo. Ele pode exigir backups de todo o banco de dados ou apenas alguns objetos selecionados.

O que é minhasqlpump?

Apresentado no MySQL 5.7, o mysqlpump é um utilitário cliente que realiza backups lógicos em que um conjunto de instruções SQL é produzido e pode ser executado para restaurar o objeto do banco de dados original. Ele resolve o problema de backups lentos no mysqldump por meio do suporte para paralelismo e multithreading. Alguns bancos de dados contêm terabytes de dados, portanto, exportar dados para um arquivo de texto simples pode demorar muito. O utilitário mysqlpump usa vários threads em paralelo para transferir dados para um arquivo de texto muito mais rapidamente. Como foi introduzido há anos, os desenvolvedores de banco de dados MySQL fizeram melhorias nos últimos anos para fornecer um utilitário mysqlpump mais estável e oferecer mais opções. Embora seja mais rápido, o utilitário mysqlpump não tem todas as opções disponíveis no mysqldump, por isso é usado apenas quando os administradores precisam de uma exportação rápida de um banco de dados MySQL e seus dados.

Como instalar o mysqlpump

Se você tiver o MySQL 5.7 ou posterior, já terá acesso ao mysqlpump. O utilitário é fornecido com o mecanismo de banco de dados MySQL, portanto, não é necessária instalação. Se você tiver uma versão anterior do MySQL, não poderá usar o mysqlpump, mas o mysqldump é uma alternativa viável.

Se você usa o MySQL no Windows ou Linux, o utilitário mysqlpump está disponível com o mecanismo de banco de dados MySQL. Você pode usá-lo abrindo o utilitário de linha de comando no Windows ou Linux e digitando “mysqlpump” com as várias opções de parâmetros para personalizar a maneira como o utilitário exporta dados.

Uso básico e exemplos do mysqlpump

Com o MySQL instalado em seu servidor, você pode acessar o mysqlpump na linha de comando. Abra a linha de comando no Windows ou Linux e você pode exportar um esquema de banco de dados usando o seguinte comando:

mysqlpump --all-databases --user=root --password > full_backup.sql

O comando acima exporta todos os esquemas de banco de dados para o arquivo full_backup.sql. O nome de usuário e a senha que você usa devem ter acesso aos bancos de dados que deseja exportar, portanto, certifique-se de ter uma conta de alto privilégio ao usar o utilitário mysqlpump.

Se você já estiver autenticado no MySQL, também pode despejar esquemas de banco de dados sem especificar um nome de usuário e senha:

mysqlpump --all-databases > full_backup.sql

Se preferir despejar um único banco de dados, use o seguinte comando:

mysqlpump myDB

O comando acima exporta o esquema do banco de dados e seus dados para o myDB. Você pode exportar vários bancos de dados separando cada nome de banco de dados com um caractere de espaço.

Os administradores podem ocasionalmente querer exportar apenas tabelas específicas em um banco de dados. O despejo de dados de tabela com o mysqlpump pode ser realizado usando o seguinte comando:

mysqlpump myDB Customer Order

No exemplo acima, a declaração mysqlpump exporta as tabelas Cliente e Pedido do banco de dados myDB. Observe que os nomes das tabelas são separados por um caractere de espaço.

Os administradores corporativos trabalham com backups diferenciais e incrementais para evitar sempre fazer um backup completo. Os backups diferenciais contêm todos os dados alterados desde o último backup completo. Um backup incremental armazena todos os dados alterados desde o último backup, seja incremental ou completo. Esses dois tipos de backup não são possíveis com o mysqlpump, portanto, o utilitário só pode ser usado para fazer um backup total ou parcial de bancos de dados e seus objetos.

Uso avançado do mysqlpump

O utilitário mysqlpump oferece algumas opções para uso avançado. A primeira é a saída compactada. Para grandes bancos de dados, usar a saída compacta reduzirá a quantidade de capacidade da unidade necessária para armazenar arquivos de backup. Ele é especialmente útil em ambientes corporativos onde vários arquivos grandes serão armazenados para backups completos durante o mês.

Você precisa especificar um algoritmo de compactação ao usar o mysqlpump. Você pode usar LZ4, que é usado principalmente para velocidade. O algoritmo zlib é mais popular entre os administradores que usam gzip ou o pacote zlib. Neste exemplo, o algoritmo zlib é usado para emitir um arquivo gzip:

mysqlpump --compress --compress-output=zlib myDB > myDB_compressed.sql.gzip

Para manter a conformidade, os backups armazenados devem ser criptografados. Os dados inativos, ou seja, armazenados em uma unidade, devem ser criptografados quando forem informações sensíveis de identificação pessoal (PII, Personally Identifiable Information), dados financeiros ou quaisquer dados que se enquadrem nos regulamentos de conformidade. Neste exemplo, o comando mysqlpump é canalizado e usa OpenSSL para criar saída criptografada:

mysqlpump --all-databases | openssl  enc -aes-256-cbc -k yourpassword > backup.xb.enc

Um aspecto do mysqlpump que o torna benéfico para os administradores é sua capacidade de despejar tabelas e bancos de dados em paralelo, o que significa que ele pode usar vários processos de computador para exportar dados. Pense em despejos paralelos como várias exportações acontecendo simultaneamente em vez de esperar que cada objeto conclua um a um. Ao usar o processamento paralelo, os administradores aceleram o procedimento de backup.

Para usar o paralelismo com o mysqlpump, você deve definir o número de threads que serão usados durante a exportação. O padrão é dois, mas você pode definir mais. A seguinte declaração usa quatro tópicos para exportar duas tabelas, Cliente e Pedido, do banco de dados myDB:

Mysqlpump -default-parallelism=4 myDB Customer Order > full_backup.sql

mysqlpump vs. mysqldump

A opção de paralelismo no mysqlpump não está disponível no mysqldump. Assim, os administradores obtêm velocidades de backup mais rápidas com o mysqlpump. A vantagem do mysqlpump são os backups mais rápidos em um ambiente corporativo de grande porte. Em vez de levar vários minutos para realizar um backup, o paralelismo no mysqlpump pode reduzir o tempo necessário para fazer backup de dados para vários minutos.

Nem todas as opções do mysqldump estão disponíveis no mysqlpump mais recente, e você deve ter pelo menos o MySQL 5.7 instalado para usá-lo. A importação não usa paralelismo, então você não tem a vantagem da velocidade para importar dados. Os administradores podem optar por usar utilitários alternativos para importar dados.

Conclusão

Os backups são uma parte essencial da administração do banco de dados, e o utilitário mysqlpump torna o processo muito mais rápido. Para backups rápidos de um banco de dados inteiro ou de alguns objetos em um banco de dados, o mysqlpump exporta esquemas e dados, criptografa e compacta e usa vários threads com paralelismo. Use-o sempre que precisar criar um backup completo de um banco de dados ou exportar várias tabelas.

ENTRE EM CONTATO
Dúvidas ou comentários?

Tem dúvidas ou comentários sobre produtos ou certificações da Pure?  Estamos aqui para ajudar.

Agende uma demonstração

Agende uma demonstração ao vivo e veja você mesmo como a Pure pode ajudar a transformar seus dados em resultados poderosos. 

Telefone: 55-11-2844-8366

Imprensa: pr@purestorage.com

 

Sede da Pure Storage

Av. Juscelino Kubitschek, 2041

Torre B, 5º andar - Vila Olímpia

São Paulo, SP

04543-011 Brasil

info@purestorage.com

FECHAR
Seu navegador não é mais compatível.

Navegadores antigos normalmente representam riscos de segurança. Para oferecer a melhor experiência possível ao usar nosso site, atualize para qualquer um destes navegadores mais atualizados.