O que é migração de dados

O que é migração de dados

Em um mundo cada vez mais digital, os dados são os ativos mais valiosos das empresas. Eles são necessários para lidar com transações de clientes, reunir informações de business intelligence e potencializar os aplicativos que facilitam a vida nos dias de hoje. 

Entretanto, os dados não ficam estagnados: eles crescem à medida que as empresas se expandem e evoluem de acordo com as necessidades dos clientes. Quanto mais clientes você tem, mais transações precisa processar e mais registros deles precisa manter.

Seja para fazer upgrade da infraestrutura de TI, transferir dados para um armazenamento baseado em nuvem ou implantar novos recursos de software, as migrações de dados são uma parte essencial da administração de uma empresa moderna.

O que é migração de dados?

Migração de dados é o processo de transferência de dados de um local de armazenamento para outro. Inclui todo o planejamento, mapeamento, extração e formatação necessários para que os dados fiquem acessíveis em um novo ambiente de armazenamento.

As migrações de dados normalmente são realizadas ao fazer upgrade da infraestrutura de TI para acomodar mais capacidade de armazenamento, cargas de trabalho de aplicativos ou regulamentações de segurança. Podem ser simples, com a migração manual de arquivos entre pastas e discos, ou complexas, com uma grande atualização forklift para um novo hardware de servidor em um datacenter, por exemplo.

Como a agilidade das empresas está intimamente ligada à mobilidade dos dados, as migrações de dados desempenham um papel crucial no upgrade de hardware ou aplicativos legados e na migração de operações para a nuvem.

Test drive do FlashBlade

Sem hardware, sem configuração, sem custo e sem problemas. Experimente uma instância de autoatendimento do Pure1® para gerenciar o FlashBlade™ da Pure, a solução mais avançada do setor que oferece expansão horizontal de armazenamento de arquivos e objetos nativo.

Experimente agora mesmo

O que é o processo de ETL e como funciona?

Migrações de dados isoladas do hardware legado para uma nova infraestrutura não são a única forma de movimentação de dados em uma infraestrutura de TI empresarial avançada. 

Chamamos de extração, transformação e carga (ETL, Extract, Transform, Load) o processo da análise de Big Data pelo qual pipelines de ETL automatizados podem ser estabelecidos para o processamento de rotina do Big Data usado em aplicativos. Veja como funciona:

  1. Extrair (Extract): primeiro, os dados são extraídos da sua fonte, que pode ser composta de um ou mais bancos de dados.
  2. Transformar (Transform): os dados são compilados e transformados em uma linguagem de consulta estruturada (SQL, Structured Query Language) para o banco de dados de destino.
  3. Carregar (Load): depois de transformados, os dados são carregados na nova fonte, que substitui ou se integra ao sistema final.

O processo de ETL é só um exemplo de como as empresas podem mover rapidamente grandes volumes de dados de um local para outro a fim de comportar as operações e cargas de trabalho de aplicativos do dia a dia. O investimento em soluções no local e na nuvem que permitam uma mobilidade de dados integrada em vários ambientes é essencial para que as empresas permaneçam ágeis e sempre disponíveis para os clientes. 

Desafios comuns de migração de dados

Desde o primeiro momento da extração até a implantação final na fonte de destino, é preciso garantir a segurança dos seus dados. Extrações ou transferências impróprias podem corromper os dados dos sistemas. Da mesma forma, uma falha em sua infraestrutura de TI ou um desastre, como um blecaute ou um ciberataque, também podem ameaçar seu banco de dados. É essencial ter um plano de recuperação de desastres em vigor antes de realizar a migração de dados.

A compatibilidade entre as duas fontes pode representar outro contratempo. A SQL da fonte inicial pode diferir da SQL da fonte final. Isso é comum principalmente em migrações em que os dois aplicativos são executados por dois sistemas diferentes. Torna-se necessário traduzir os dados em uma linguagem compatível antes de realizar o processo de migração.

Durante o processo, o site da empresa também pode passar por tempo de inatividade, que é quando o datacenter não pode ser acessado online. Na migração de dados, quando novos dados são carregados na fonte final, o sistema pode ficar inacessível quando o upload está em andamento. Além disso, a perda de acesso pode causar uma perda de clientes e negócios.

Como evitar os obstáculos da migração de dados

Antes de passar por uma migração de dados, é importante se preparar. Familiarizar-se com os bancos de dados de origem e com a tecnologia de migração é importante para o sucesso. Verificar se os dados serão transferidos adequadamente ajuda a criar uma transição tranquila entre a fonte antiga e a nova. Entrar em contato com seus clientes e parceiros comerciais também é importante para deixá-los avisados sobre uma possível inatividade.

Há vários métodos que podem ser usados para evitar tempo de inatividade e manter seu site funcionando durante a migração de dados. Por exemplo, uma implantação sem tempo de inatividade permite acesso ao banco de dados original até que a migração seja completamente implantada. Técnicas como migração de esquema (em que os upgrades são feitos em incrementos para evitar tempo de inatividade) ou a nuvem híbrida (armazenamento em nuvem que permite acesso a duas entidades diferentes) também podem permitir que os clientes mantenham o acesso durante a migração de dados.

Além disso, depois que os dados são transferidos e as informações são implantadas, é essencial confirmar que a migração foi concluída corretamente, o que significa garantir que o banco de dados esteja funcionando antes de alterar ou apagar a fonte original. Se houver complicações ou se informações forem corrompidas durante a transferência, você precisará voltar e corrigir os problemas antes de prosseguir.

Facilite as migrações de dados com a Pure Storage

A Pure Storage simplifica o processo de migração de dados com upgrades não disruptivos para as controladoras mais recentes, conectividade de array interno e host externo, discos de estado sólido (SSDs, Solid-State Disks) e outros componentes. A Pure ajuda a converter e proteger seus dados, oferecendo uma nuvem híbrida para reduzir o tempo de inatividade. Desde a preparação até a validação, a Pure está pronta para ajudar sua empresa e cuidar dos seus dados em todas as etapas do caminho.

800-379-7873 +44 2039741869 +43 720882474 +32 (0) 7 84 80 560 +33 1 83 76 42 54 +49 89 12089253 +353 1 485 4307 +39 02 9475 9422 +31 202457440 +46850541356 +45 2856 6610 +47 2195 4481 +351 210 006 108 +966112118066 +27 87551 7857 +34 51 889 8963 +41 43 505 28 17 +90 850 390 21 64 +971 4 5513176 +7 916 716 7308 +65 3158 0960 +603 2298 7123 +66 (0) 2624 0641 +84 43267 3630 +62 21235 84628 +852 3750 7835 +82 2 6001-3330 +886 2 8729 2111 +61 1800 983 289 +64 21 536 736 +55 11 2655-7370 +52 55 9171-1375 +56 2 2368-4581 +57 1 383-2387 +48 22 343 36 49
Seu navegador não é mais compatível.

Navegadores antigos normalmente representam riscos de segurança. Para oferecer a melhor experiência possível ao usar nosso site, atualize para qualquer um destes navegadores mais atualizados.